• Anabel Gallaci

A importância da massagem no tratamento da Ayurveda.

A Ayurveda, medicina milenar usada na Índia, compreende o corpo humano como: três doshas (humores), sete dhatus (níveis de tecidos), quatorze srotas (canais - dezesseis para as mulheres) e quatorze nadis principais (dutos ou tubos).


Para os antigos médicos ayurvédicos, os diversos canais, grosseiros ou sutis, são os responsáveis pela saúde dos órgãos internos.


A visão é de que o corpo funciona como uma unidade, em que todas as partes estão relacionadas entre si e devem funcionar em plena harmonia. Por isso, o tratamento tem como base a harmonização dos doshas (vata, pitta e kapha) e o funcionamento equilibrado dos sistemas de dhatus, srotas e nadis.


De maneira simplista, os dhatus são: rasa (plasma), rakta (sangue), mamsa (músculos), meda (gordura), asthi (ossos), majja (medula óssea e tecidos nervosos), sukra (tecidos reprodutivos) e os srotas são canais que transportam os nutrientes e outras substâncias (ar, sangue, dejetos) pelo corpo. Os dhatus e os srotas são basicamente fisicos.


Os nadis, ou canais por onde circula o prana (os cinco vayus ou ares), é o sistema que conduz os doshas na sua forma mais sutil.


O tecido nervoso (majja dhatu) e o canal nervoso (majjavaha srota) são alimentados pelos vayus na estrutura dos ossos e da medula óssea.


Os nadis conduzem a energia vital pelo corpo e é por eles que começamos a terapia.


Há 72.000 nadis no corpo, de acordo com os textos de Yoga, formando uma rede fina de canais sutis, espalhados pelo corpo etérico (corpo de prana, energético ou pranamayakosha).


Todas as doenças, sem exceção, são decorrentes de bloqueios, congestionamentos ou restrições no funcionamento do sistema de nadis.


Temos quatorze nadis principais: seis do lado direito, seis do lado esquerdo e dois no eixo central do corpo. Todos começam no muladhara chacra, localizado na base da coluna.


Os nadis oferecem prana aos órgãos dos sentidos, aos sentidos, aos órgãos de ação e às regiões principais do corpo.


Ao massagear esses nadis, estamos equilibrando toda a atividade prânica do corpo, alcançando um efeito terapêutico de equilíbrio entre a mente e o corpo.


Esta é a principal função da massagem: realizar o tratamento do prana, desobstruindo os nadis que o conduzem e pacificar vata (vayu).


Na Ayurveda, a abhyanga é uma importante massagem para tratar os nadis. Ela é um método terapêutico preventivo para pacificar os cinco sentidos e a atividade motora, controlados pelos dosha vata (vayu).


Ela está inserida na qualidade de massagem geral, podemos recebê-la todos os dias dentro do tratamento de Ayurveda, por ser um método usado para equilibrar os três doshas e como prevenção de doenças.


O dosha vata, composto pelos elementos ar e éter, é tido como o responsável pela maioria das doenças, por isso, sempre temos uma atenção especial no tratamento inicial para pacificá-lo por meio da massagem e alimentação e, após o tratamento, manter os aspectos mais importantes da sua rotina, que fazem a diferença na manutenção da sua saúde.


Para receber uma das massagens da terapia Ayurveda, entre em contato pelo wtsapp: 11 99953-5693.


22 visualizações